dailyvideo

.

Lula diz que enfrentou 'preconceitos' e 'mentira' em campanhas eleitorais

"Eu tinha que responder sobre aborto’, afirmou em visita ao Piauí.
Para presidente, ‘povo não quer voltar a um passado de desprezo’.


Presidente Lula visita às instalações ampliadas do Campus Teresina Central, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira (14), no Piauí, que enfrentou muitos “preconceitos” durante campanhas eleitorais e que teve de se posicionar em diversas ocasiões sobre a legalização do aborto. Ele participou da cerimônia de entrega das instalações ampliadas do Campus Teresina Central, do Instituto Federal do Piauí.

“Se contava muita mentira de mim. Eu tinha barba e por isso eu era comunista. E os mentirosos não tinha coragem de dizer que Jesus Cristo tinha barba comprida, que Tiradentes tinha barba comprida”, disse.

“Quantas vezes eu tive que explicar porque tinha estrela na bandeira do PT e a quantidade de vezes que eu tinha que responder sobre aborto. Quantas vezes tinha que responder a questões que não diziam respeito a um presidente da República”, criticou.


Lula afirmou ainda, durante o discurso, que foi acusado, em período eleitoral, de querer fechar igrejas. Segundo ele, a divulgação de boatos é um estratégia para derrotar o adversário. “As pessoas que são contra ficam jogando casca de banana para ver se a gente pisa e se a gente cai. Diziam que eu ia fechar igreja evangélica, que eu não ia cuidar dos pobres, que eu ia tirar tudo das pessoas mais pobres. ”, contou.

Ao afirmar que não quer passar o "bastão" de presidente apenas para o candidato eleito, mas também para o povo, Lula afirmou que os brasileiros não querem "voltar ao passado". "O povo não quer voltar a um passado de desprezo, a um passado de descaso. Nós cansamos e não queremos ser tratados como se fossemos de segunda classe", afirmou.

Lula voltou ainda a dizer que o governante precisa cuidar do país como "uma mãe cuida dos filhos". O presidente também defendeu que os candidatos sejam claros e mostrem "para quem" irão governar.

"Você tem que ter lado e dizer para quem vai governar. O melhor exemplo que dou é a arte de ser mãe. Governar é como uma mãe tomando conta da sua família. Garantindo a todos o direito de ter oportunidades. Essa é a arte de governar. É a grande lição de vida."

Lula afirmou que "ricos não precisam de governo". Para ele, os governantes devem se dedicar à classe pobre da população. "Tem escolher quem é que precisa de governo. O rico não precisa de governo. Tem uma classe que não precisa de governo. Quem é que precisa de governo? É a parte mais pobre da população.

Fonte : G1.com
Copyright © 2009-2010. Todos os direitos reservados. Desde 13 /02/2009

Posted by Marcos Vinicio Firmino Guimaraes on 09:25. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

Recent Entries

Recent Comments

Photo Gallery