dailyvideo

.

Entrevista – Leonardo cadeirante vice presidente da associação de deficientes de Uruaçu

Leonardo cadeirante vice presidente da
associação de deficientes de Uruaçu
Entrevistado: Leonardo
Entrevistaste: Ava


O que você acha dos meios de transportes da cidade para deficientes? E fácil para você?

Bom relatando isso a cidade nossa melhorou bastante, em questão de acesso, Principalmente nas vias publicas que tem as rampas para ‘cadeirantes’ e para pessoas com dificuldades de locomoção como mães com carrinho de bebe, idosos que usa bengalas. Em si as adaptações não e só para um deficiente entre aspas mais sim para todas as pessoas que tem uma certa limitação, então isso não vem servi somente a min que sou ‘cadeirante’ mas varias outras pessoas. E mais em relação a transporte publico, isso ainda esta um pouco fora da realidade de Uruaçu, no entanto não existe nenhum transporte adaptado, eu ando de cadeira de roda não tenho carro, ate porque eu faço questão para dar de “cara” nas ruas, mostrando que deficiente também e capaz, ele pode ser uma pessoa assim livre, circular como qualquer outra pessoa, mas ele precisa de uma certa adaptação,como se diz o ditado, quem não e visto não e lembrado, então se eu esconder, o governo o poder publico não estará lembrando destas pessoas, agente tem que ser visto para ser lembrado eu também dependo desta casa sou vice presidente da associação de deficientes de Uruaçu, na qual nós ainda não temos um trabalho assim bem desenvolvido, devido questões políticas, porque aqui infelizmente na cidade de Uruaçu se você não tiver padrinhos políticos, pessoas ali dentro da política você tem uma certa limitação de conseguir algo e em desenvolver alguma coisa em prol de você mesmo ou de toda comunidade, mas em ralação a conscientização sobre pessoas com deficiências graças a Deus esta melhorando, como exemplo agente pode ver as escolas já estão te incluído, todas as escolas ate algumas escolas particular igual o CNSA já tem acesso, ainda falta muita coisa mas estamos engatinhando ainda pelo fato da questão cultural da cidade como a cidade e pequena, infelizmente o nível cultural também e pequeno, mas isso daí agente vai trabalhando com tranqüilidade e com empenho, se Deus quiser vai dar Tudo certo e vamos conseguir mostrar que o deficiente também e gente.

Máteria: Ava Gardney
Copyright © 2009-2009. Todos os direitos reservados. Desde 13 /02/2009

Posted by Marcos Vinicio Firmino Guimaraes on 13:11. Filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0

Recent Entries

Recent Comments

Photo Gallery